Vamos conhecer DeusYHWH…individualmente

Vamos conhecer DeusYHWH… individualmente.

Para conhecer DeusYHWH, devemos conhecer as 6 energias que movimenta o Universo.
Quais são estas Energias?
1) – Energia Clássica (gera trabalho)
1a) – Atração e repulsão,
1b) – Energia magnética.

2) – Energia Metafísica. (gera reflexão)
2a) – Energia Fohah
2b) – Energia Prana.

3) – Energia Transcendental (gera vida)
3a) – Energia Kundalini
3b) – Energia Cósmica

Nota: A Energia Cósmica, (gera espiritualidade)
fragmenta-se em;
a) Átomo para as coisa inanimadas.
b) Fohah para os seres animados.
.Detalhes, ver meu artigo Energias que Movimenta o Universo.

Conhecendo estas Energias, devemos ter Empatia.
Mas o que é Empatia?
Empatia é a arte de se transcender, isto é, sair de si e entrar naquilo que queremos conhecer (pessoa, coisa, objeto, e o que estivermos vendo, ouvindo ou lendo), para que possamos compreender, e assim, aprendermos por nós mesmos, e também, ser a única maneira, de encontrarmos as respostas corretas, das coisas que nos parecem enigmas neste nosso Universo.
Detalhes ver meu artigo A Importância da Empatia.
Conhecendo as 6 Energias, a Empatia, vamos conhecer mais variáveis imprescindíveis, as inteligências:
Intuitiva é capacidade de antever segmentos a partir de
parâmetros de segmentos conhecidos.
Indutiva é a capacidade de extrapolar segmentos
correlatos a partir do conhecimento de parte
destes segmentos.
Dedutiva é a capacidade de interpolar segmentos
correlatos dentro da gama de segmentos
conhecidos.

Lembrando que existem quatros reinos; o Mineral, o Vegetal, o Animal e o Humano.
Vamos analisar o Reino Humano que é o objetivo deste artigo.
Vamos recordar o que sejam:
O Ser, o Eu, a Alma e o Espírito.
O Ser é o fragmento Divino que habita em nós
O Eu é a parte densa (física), que esta vivendo no plano físico.
A Alma é a decodificadora dos símbolos emitidos pelo Ser, para
converte-los para os cinco sentidos do Eu.
O Espírito é a Alma após ter colhido as experiências e ter
livrado das cascas.
O Espírito, após o ciclo se integra à Divindade (YHWH).
A Divindade (YHWH), fragmenta em partículas Monadas.
A Monada entra no feto, no intervalo do sexto ao sétimo mês de
gestação. Aos sete anos, a Mônada torna-se Ser, Alma e Eu.
O Eu torna adulto aos dezesseis anos.
A Alma torna adulta aos vinte e um anos.
Continuando o percurso, vamos encontrar uma encruzilhada com três alternativas:
1) – Se ir, é ser mutante e ousado, para buscar,
a complementação da verdade, no desconhecido.
2) – Se ficar, é não ser mutante e acomodado, para
buscar a complementação da verdade, na imitação.
3) – Se disponibilizar, é administrar o Eu por
compreensão e não por repressão.

Optando pelo item 1…vamos em frente…

Alertando que:
a – Sem Empatia, dificilmente o ser humano, terá uma
consciência real de DeusYHWH, dada sua natureza ser;
transcendental amorfa, está além da vida e da matéria.
Sendo virtual o relacionamento com DeusYHWH, cabe a
Empatia ter o principal papel no comportamento humano.
b – Só com as inteligências intuitivas, indutivas e dedutivas,
poderemos alcançar o conhecimento de DeusYHWH, que
é foro íntimo, de cada um, não podendo ser demonstrado.
Esclarecendo que para conhecer, não é preciso provar, basta ter inteligência dedutiva ou indutiva, para “a partir de um fenômeno observado, concluir a existência do elemento que o provocou”.
Este conhecimento nasce da inteligência intuitiva, indutiva
ou dedutiva, em outras palavras, você terá que ter inteligência, para intuir, induzir ou deduzir, a partir de uma manifestação comprovada, a confirmação da existência do “que” provocou, a manifestação… por exemplos:
1 – Você não vê o vento, mas percebe sua manifestação nas
árvores e nas coisas, por obrigação racional, você terá que
usar a inteligência dedutiva e acreditar na existência do
vento.
2 – Você não vê a luz, mas percebe sua manifestação em todos
os objetos que ela manifesta, por obrigação racional, você
terá que usar a inteligência dedutiva e acreditar na
existencial da luz.
3 – Você não vê a morte, mas percebe que ela tira de circulação
as pessoas em estados terminais, ou as que levam “balaços
perdidos” em regiões fatais do corpo, logo você terá que usar
a inteligência dedutiva e concluir, que a morte existe.
4- Você não vê a Força da Gravidade, mas percebe que todos
os corpos sem sustentação, caem, logo você terá que usar a
inteligência dedutiva e acreditar nela.
Assim para conhecer “DeusYHWH”, não pode ser apenas através de “um ato de fé”, mas sim, através da convivência “virtual” com Ele, dentro da lógica e do questionamento, para alcançar a consciência do saber, estruturada nas inteligências intuitivas, indutivas e dedutivas
Com isso, poço concluir que; o conhecimento de YHWH, foi, é e será sempre, foro íntimo de cada um.

Vamos definir alguns termos para desenvolver o tema;

Deus, substantivo comum. Um Líder maior, com forma bem
definida, orientando os liderados, a seguir um paradigma de
comportamento, que procura estabilizar o Nível de Estado de
Consciência de um povo, atuando em campo limitado no plano
Físico, cujo povo, sente necessidade de venerar e bajular esse
Deus (geralmente com sua forma), como Líder.

DeusYHWH, –
É a Essência Máxima de Energia Cósmica Autogerando e
Fragmentando em Atributos Peculiares, para Interagir em
toda a estrutura do Universo, numa dança cósmica, das
galáxias, das estrelas, dos astros, dos planetas, das vidas
nas floras e nas faunas do nosso Universo, fenômenos
estes, que ninguém pode negar. Assim, DeusYHWH, está
envolvendo tudo e todos na Fraternidade e no Amor,
emanando dentro da Lógica e com a velocidade da Luz, os
Atributos da Sabedoria, da Ética, da Filosofia, da Ciência,
esclarecendo que é a Única realidade existente, fora Dele,
nada existe, só a Ilusão.

Existir, verbo intransitivo. Aquilo que julgamos existir em nossas
vidas diárias, não são indivíduos distintos, nem objetos
separados, mas sim, uma resultante da somatória de energias
das manifestações dos comportamentos do aglomerado de
bilhões de moléculas e átomos à elas agregados, associadas
aos corpos, obedecendo Leis infalíveis de um centro energético
unificado, que está coordenando e controlando toda essa
Energia para manter a Harmonia e o Equilíbrio do Universo.

Vida, substantivo feminino. É um roteiro cósmico, que segue um
“script” (Leis Cósmicas), para cada ser, sendo uma Energia
Prana, ou Fohah, que está intrinsecamente ligada ao jogo
cósmico que mantém a harmonia dinâmica do Universo.

Ser humano, substantivo comum. Ser animado que possui vida,
com Energia Prana, formando aglomerados com objetivos
distintos.

Objeto, substantivo comum. Ser inanimado com vida (energia
Física), sem as Energias Prana e Fohah.

Tempo, substantivo abstrato, é a medida de duração dos
fenômenos, em que a velocidade do fenômeno, é inferior à
velocidade da Luz.

Com estes conceitos, vamos em Frente…

Vamos dizer que DeusYHWH existe.
Para sabermos se é verdadeira ou falsa esta afirmação.
Recorremos aos conceitos de DeusYHWH e Existe.
Conceitos estes devidamente explicitados acima.
Vejamos:
Algo que existe é algo, que é num determinado momento e que seja animado ou inanimado.
Neste contexto animado significa: dotado de Energia Prana.
(nosso caso ser humano) e inanimado, sem Energia Prana.
A existência pressupõe que seja um Ser humano ou objeto.
É óbvio que quando afirmamos que DeusYHWH existe, isto implica necessariamente que DeusYHWH, tem os atributos de algo que existe.
Vamos avaliar então, se DeusYHWH possui os atributos de algo que existe.
Como dissemos anteriormente existir implica em “ser num determinado momento”. Para existir um determinado momento é necessário que exista o Tempo.
Ora, se por conceito DeusYHWH, É a Essência Máxima de Energia Cósmica Autogerando e Fragmentando em Atributos Peculiares, para Interagir em toda a estrutura do Universo, com velocidade da Luz, logo Ele gerou todas as coisas.
Isto implicaria, DeusYHWH, também, ter gerado o tempo?
Não. Os seres animados e inanimados, foram gerados por DeusYHWH, com a velocidade da Luz, no entanto, o tempo, só aparece, se a velocidade dos seres for menor do que a velocidade da Luz, assim podemos concluir que o tempo não foi criado, ele aparece em conseqüência dos seres que estamos observando, estarem com velocidade inferiores.
Concluímos que DeusYHWH, não gerou o tempo.
Por este caminho DeusYHWH, existe.

Continuemos:
DeusYHWH, para existir, deve ser necessariamente, animado ou inanimado?
Vamos analisar cada caso:
Se for Ser inanimado, Ele não teria Energia Prana, como por conceito, DeusYHWH gerou a matéria, Ele não é matéria, logo, Ele não pertence a classe dos seres inanimados.
Se for Ser animado significa ter vida e Energia Prana.
Mas foi DeusYHWH que gerou todas as Energias, logo Ele está acima das classes dos seres animados (Energia Prana). Concluímos que Ele não pertence a classe dos animados nem a classe dos inanimados.
No entanto, sabemos que DeusYHWH, está interagindo em toda estrutura do Universo, isto nos leva acreditar que para DeusYHWH, existir Ele necessariamente deverá pertencer a outra classe de seres existentes, além das duas (animadas e inanimadas) que conhecemos, o que corresponde a dizer que DeusYHWH é um ser Transcendental, isto obviamente implicaria que Ele é um Ser não pode ser antropomorfizado, por ter gerado a vida e as Energias que movimentam toda estrutura do Universo.
Mas afirmar que DeusYHWH existe, precisamos conhecer a transformação que a Energia Transcendental (Kundalini) possa fazer. Assim se DeusYHWH não é um ser animado e nem um ser inanimado, devemos concluir que Ele é Uma Energia Transcendental que manifesta sutilmente nas nossas glândulas Endócrinas, girando os Chakras, produzindo as Energias de Agir e a resultante que norteiam nossas vontades e nossas emoções, com o nome de Kundalini, nos dando motivação para viver. Estruturas reais humanas estas, fora do alcance dos conhecimentos comuns da humanidade.
Em resumo: Se DeusYHWH existe, Ele deve existir em todos os momentos, interagindo em tudo.
Finalmente se DeusYHWH, é um ser Transcendental, que não pode ser antropomorfizado, por estar alem da vida e da matéria, interagindo em toda estrutura do Universo, podendo, gerar tudo com onisciência.
Com isso posso afirmar…..DeusYHWH realmente existe.

Comentários
Após assimilar tudo que foi escrito até aqui, o leitor estará apto a compreender, o que seja o “Relacionamento humano com DeusYHWH” e perceberá que este relacionamento com YHWH, nossa Divindade, é indireto e individual, através do Ser, fragmento Dele dentro de cada um. Saberá que a Empatia apresenta seu maior papel no comportamento humano, por se tratar de um relacionamento virtual, com freqüência individual, saberá que DeusYHWH, está auto gerando e fragmentando em Seres, para interagir em tudo, com freqüências variáveis, numa escala muito ampla, específica em cada Ser. Cada um de nós, temos numa freqüência individual, para comunicarmos indiretamente com Ele, através do Ser,
Com isso, irá concluir que:
1 – O relacionamento com YHWH, foi, é e será sempre,
indireto através do Ser, que é foro íntimo de cada um.
2 – Não há possibilidade do ser humano se relacionar
diretamente com DeusYHWH, por sua natureza ser;
transcendental amorfa, está além da vida e da matéria,
auto gerando, onipresente e unificando, os Seres, (seus
fragmentos).

Mas existem alguns requisitos básicos a serem cumpridos:

1 – Conheça-se a si mesmo, só assim poderá conhecer
o Ser, a Alma, o Espírito, o Universo e DeusYHWH.
2 – Seja competente, conheça as Leis do Universo
3 – Usar em tudo, sempre seu Instinto de Observação
4 – Cumprir primeiro os deveres, para conquistar os
direitos.
5 – Seja ousado, reconhecendo suas limitações.
6 – Questionar tudo para encontrar as respostas dentro
de si, só assim terá auto conhecimento.
7 – Nunca queira ser mais inteligente que os outros.
O resto depende cada um; autodisciplina, fraternidade, muita perseverança e não ter medo das falácias dos intermediários, sejam políticos, religiosos, ou historiadores, pois estes sempre julgam ser os donos da verdade.

Conclusões finais
A matéria é inerte, só se movimenta em decorrência de uma Energia e no Universo há dois tipos de movimento.
1 – Comunicado
2 – Espontâneo
Movimento comunicado
O corpo está em movimento e nós vemos a Energia exterior atuando no corpo
Movimento espontâneo
O corpo está em movimento e nós não vemos a Energia exterior atuando no corpo
Os corpos celestiais estão em movimento no Universo,
ninguém pode negar isto. Como não estamos vendo as Energias atuando neles, concluímos que eles têm movimentos espontâneos.
Ora… Os movimentos espontâneos implica, que sua Energia interna, tem uma consciência para seguir as leis pré estabelecidas.
A consciência desta Energia, eu chamo Ser. Cada corpo movimenta seguindo as Leis estabelecidas por uma inteligência onisciente, estruturada no “pool” destes Seres, formando um Campo Energético Unificado, que chamo DeusYHWH.
Nota: DeusYHWH, está auto gerando e fragmentando em
Seres, para interagir em tudo, página 8.
Este Ser onisciente, coordena o movimento do corpo sincronizando com os outros corpos em movimentos, que também estão seguindo Leis estabelecidas pelo “pool”.
entrelaçando-os numa dança cósmica harmoniosa, mantendo o equilíbrio dinâmico da expansão do Universo. Esclarecendo que todos os corpos, sem nenhuma discriminação, que constitui a estrutura do Universo, têm seus respectivos Seres.
Aristóteles que em 342aC., codificou a estrutura do cristianismo, formulou que “os movimentos, eram baseados na potencialidade da impermanência de todas as coisas, buscando o equilíbrio e a harmonia”.
Concluímos que a Energia que busca esse equilíbrio e essa harmonia, é a lógica que está atrás desta Malha Universal.
Esta Energia dinâmica do Cosmo, está coordenando a dança sistemática e harmoniosa dos movimentos das galáxias, dos astros, das estrelas, dos planetas, das vidas nas floras e nas faunas do nosso Universo, fenômenos estes, que ninguém pode negar.
Esta Energia de busca, que constitui a dança dos movimentos espontâneos, ou seja, o “pool dos Seres” do Universo…..é o nosso querido DeusYHWH.

È isso aí meus amigos, gostaria que vocês refletissem com Empatia neste Artigo, para tirar suas próprias conclusões, lembrando que não sou dono da verdade.
Abraços…charrir

Salvador 20 de maio de 2007
Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Este post foi lido 288 vez(es).

Este post foi lido 288 vez(es).