Reflexões sobre o PT

Reflexões sobre o PT

O Partido dos Trabalhadores, não deveria ter esse nome, isto porque seus militantes não gostam de trabalhar. Uma pesquisa minuciosa, numa viagem regressiva através do tempo, voltando à época das formações dos sindicatos, irá encontrar seus primeiros militantes. Descobriremos aqueles que foram lideres sindicais e como lideres sindicais, não trabalhavam. Também iremos saber, que eles eram agitadores, promovedores de discórdia entre patrões e trabalhadores, insufladores de greve, além de se mostrarem com poucas habilidades técnica em tudo que faziam.
Esses líderes formaram os sindicatos e tornaram figuras oportunistas, para locupletar uma base, que seria o núcleo do Partido dos Trabalhadores.

O Partido deveria ser chamado, Partido dos Fisiologismos, pois é a única característica, que vejo em cada petista que conheço. O Partido dos Trabalhadores, lembra um Polvo(P) faminto, cujos Tentáculos(T) afiados, penetram em todos os 1os., 2os., 3os., 4os. e 5os. escalões da administração pública, numa procura insaciável do monopólio do estado, com vistas a exercer o comando do governo, em caráter permanente, utilizando os rodízios das pessoas, do campo majoritário do Partido, nas alternativas para o cargo de presidente. Ora! Esse partido, quando era da oposição, se mostrava para muitos, a esperança de passar o Brasil a limpo.

O Partido, apresentava programas, com falácias mirabolantes, para criação de empregos, combater a miséria, acabar com a corrupção e principalmente melhorar a distribuição de renda (para as classes C, D, e E, melhorar a distribuição de renda, seria tirar a metade dos bens dos mais ricos e passar para os mais pobres), assim o PT iria salvar o Brasil.
Esta facção do PT, dos ex-líderes (sindicais e estudantis), constitui hoje, o campo majoritário do partido, ainda mantém essas promessas aos seus eleitores. Veja por quê ainda não expulsaram Delúbio Soares? Por quê o Deputado Tarso Genro continua querendo provar que a “lama petista”, ainda é a lama medicinal, que irá salvar o Brasil? Essa facção do PT, por ser composta por ex-líderes sindicais de épocas antigas, trouxe para o Partido, só pessoas militantes dos sindicatos e líderes estudantis que comungavam com as idéias desses lideres sindicais, daí quase todos os Deputados, Vereadores, Senadores, Ministros, Assessores, Auxiliares, Chefes de 1os., 2os., 3os., 4os.e 5os. escalões do governo Lula foram militantes do PT, são oriundos do manancial oferecido pelos sindicatos, numa visão oportunista dos mais vivos, os quais utilizaram os sindicatos para fazerem trampolim para os cargos políticos, daí.. dar no que está dando nas três CPI’s (Correios, Bingos, Mensalão e Sanguesuga).

Devemos ficar atentos, pois coisas piores, podem aparecer, já que esse grupo, “os articuladores do campo majoritário”, ainda não abriu mão de transformar a nossa democracia em um regime oligárquico-mexicanizado, nos moldes do PRI, (Partido Revolucionário Institucional), o qual permaneceu no poder, no México, de 1946 a 1994, em que todos os cargos, de 1os., 2os., 3os., 4os. e 5os. escalões, eram cargos comissionados, (com vígimo), ocupados por companheiros do PRI, os quais facilitaram a permanência da facção no poder.

Com o populismo do PT, seus militantes, ainda conseguem transmitir às classes C, D e E, as quais constitui 90% dos eleitores do PT, uma mensagem de esperança, mesmo dentro desse lamaçal
O corporativismo não irá permitir que as CPI’s possam ir a fundo nessas investigações.

No dia 21 de setembro de 2005, o ministro Jobim, expediu uma liminar, suspendendo as cassações dos Deputados do PT, outros Deputados também recorreram ao Ministro Jobim, e todos vão ganhar esse premio, correndo o perigo de formar jurisprudência sobre o assunto, aí… adeus ética política. Às vezes, vejo muitos petistas apaixonados, com falsas preocupações (ao ver seus companheiros do PT, envolvidos em corrupção), bradar diante das câmeras de TV, “não é essa a filosofa do nosso partido, foi com muita luta, nestes 25 anos que construímos um PT, dentro da ética e da moral, sempre combatendo a corrupção e as desigualdades sociais. Lula vai punir exemplarmente os culpados”. Ora… Se recorrermos à história do famigerado Polvo (P) dos Tentáculos (T) afiados, vamos ver que o vígimo foi estruturado desde que o primeiro vereador do PT foi eleito e a exigência de propina dos empreiteiros, nas prefeituras administradas pelo PT, era uma prática sistemática, imposição da facção que constitui o campo majoritário, ainda mostrando poder
1 – No Judiciário, com a atitude do Min. Jobim,
2 – No Executivo, com os discursos de Lula
3 – No Legislativo, com a eleição de Aldo Rebelo
para presidente da Câmara.
4 – No seio dos militantes, com a eleição de
Ricardo Berzoini para presidente do PT
Veja o paradoxo em que se envolveu o Deputado Aldo Rebelo;
1 – Testemunha de defesa de José Dirceu
2 – Presidir a câmara que caçou José Dirceu
Esses quattro episódios, este paradoxo e outros sem transparências, provam que esses “caras”, chegaram ao poder, com muitos artifícios, uma vez no poder, não pretendem largar “o ouro” em hipótese alguma.
Não precisa ser inteligente para saber que:
1 – A liberação de R$ 1,5 milhões para os
Deputados das alas governistas, do PL, PP
e PTB, em emendas parlamentares, é uma
prova ostensiva do Mensalão.
2 – A eleição de Aldo Rebelo para presidente da
Câmara, é um jogo de cartas marcadas.
3 – A Figura de Aldo Rebelo, é o coringa que o
governo precisava, para transformar as CPI’s
em uma “gigantesca PIZZA”
4 – A Estratégia da bancada governista em não
comparecer para votação, de convocações de
pessoas que venham comprometer a imagem
do PT, é um jogo legal, mas é imoral.
5 – Os 258 deputados que votaram em Aldo
Rebelo, são no mínimo “coniventes” com os
“atos ilícitos” praticados na Câmara Federal.
Estes 258 Deputados, apesar de continuarem
chafurdando na lama fétida do PT, irão concorrer
nas próximas eleições, a reeleição, e por incrível
que pareça, serão reeleitos.

O estranho, são os petistas quererem esconder dos eleitores, o uso sistemático das modalidades ilícitas, que o Partido dos Trabalhadores, vem praticando, ao longo desses 25 anos de existência do Partido.

Agora dizer que o PT, sempre lutou pela ética e contra a corrupção, quatro coisas podem acontecer;
1 – Os petistas não sabem o que é ética.
2 – Não sabem o que é corrupção
3 – São ótimos corporativistas ou
4 – O fim justifica os meios, o importante é
alcançarem e permanecerem no governo.

É isso aí, meus amigos leitores;
Não pretendo convencer ninguém do que escrevo
Escrevo o que sinto. Não sou dono da verdade
O Texto é para reflexão e a conclusão, é foro
íntimo de cada um

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Salvador – 01 de agosto de 2006

 

Este post foi lido 310 vez(es).

Este post foi lido 310 vez(es).