Lula e os Programas Sociais

Olá amigos deste Portal. Aqui estou com mais esta mensagem, desta vez falando dos Programas sociais do nosso Brasil. Abraços…charrir

Lula e os Programas Sociais

É lamentável o mergulho às cegas, que a equipe do governo Lula, está dando no abismo da ignorância, usando dinheiro público.

Vamos às comparações:

.
Orçamentos em bilhões de reais 1 9 9 4 2 0 0 4
Educação 26.150 15.701
Saúde 34.920 32.972
Transporte 7.580 3.945
Energia 1.404 427
Agricultura 17.772 8.249
Indústria 3.472 1.672
Defesa Nacional 20.470 14.664
Relações Exteriores 1.555 1.417
T o t a l 113.263 79.047

Custo mensal de um Deputado
Em reais (ver nota)** R$ 11.840 R$ 171.728

Juros pagos ao FMI
Em milhões de reais R$ 157 R$ 400

Verbas essenciais
Em bilhões de reais R$ 113.263 R$ 79.047

Investimentos em saúde
Em bilhões de reais R$ 35,00 R$ 32,00 ,

Habitantes em milhões 138,00 172,00

Verbas por habitantes R$ 755,08 R$ 429,60

Impostos pagos por
pessoa anualmente R$ 526,70 R$ 3.587,42

Propaganda política
Em milhões de reais R$ 32,41 R$ 463,53

Dias trabalhados anualmente
Para pagar impostos 51 dias 138 dias

Normas Tributárias 6.320 mil 261.482 mil

Relação Impostos/PIB 25,9% do PIB 39,7% do PIB

Dados do SIAFI do Ministério da Fazenda, Valores atualizados
conforme IGP- DI de Janeiro de 2005.

Comentários;
Uma análise dos dados acima, revela o despreparo da equipe
dos petistas, em administrar uma nação.
Assim tivemos:
1 – Os gastos com investimentos nas áreas sociais, tiveram uma
queda violenta, passou dos R$ 113.263 bilhões em 1994 para
R$ 79.047 bilhões em 2004.
2 – Os juros da dívida externa passaram de;
U$ 64,0 bilhões de dólares, em 1994 para
U$ 162,0 bilhões de dólares em 2004.
3 – Os tributos sobre os produtos industrializados
passaram de; 25,09% do PIB, em 1994, para
39,70% do PIB em 2004.
4 – Normas tributárias que foram editadas;
6.320 mil em 1994 para
261.482 mil em 2004.
5 – Investimentos no sistema de saúde Caíram de;
R$ 35,0 bilhões em 1994, para
R$ 32,0 bilhões em 2004.
6 – As verba essenciais por habitante, despencaram de;
R$ 755,08 reais, em 1994, para
R$ 429,60 reais em 2004.
7 – As arrecadações de impostos, per capta, disparam de;
R$ 526,70 reais em 1994, para
R$ 3.587,42 reais em 2004.
Nota: Estes valores são obtidos, dividindo os totais dos impostos arrecadados, pelo número de habitantes. 270% a mais..
8 – Os brasileiros trabalham 138 dias por ano, só para pagar
impostos. O que poço afirmar que somos escravos do fisco
da união.
9 – A fúria tributária do governo alcança a faixa de:
27,2% do PIB em 1994, para
42,15% em 2004.
10 – Um quilo de açúcar tem embutido 40,5% de impostos.
11 – Um quilo de arroz ou feijão, têm embutidos 18,02% de
impostos.
12 – Atendimentos nas áreas de saúde, caiu de:
88,16% em 1994, para
62,14% em 2004.
13 – A nossa dívida externa disparou de:
U$ 437,16 bilhões de dólares em 1994 para
U$ 728,26 bilhões de dólares em 2004.
14 – A Nossa dívida interna também disparou de:
U$ 375,23 bilhões de dólares em 1994 para
U$ 581,43 bilhões de dólares em 2004.
15 – A nossa renda per capta desceu de:
U$ 4.200 dólares anuais em 1994 para
U$ 3.200 dólares em 2004.
16 – O superávit primário de Julho de 2005, foi de
U$ 8,3 bilhões de dólares e o juros pagos ao
FMI, foram de U$ 12,1 bilhões de dólares.
Nota: com superávit primário inferior aos juros
de nossa dívida, jamais iremos pagar a dívida.

Nota**: Vejam o custo mensal de um Deputado Federal, para a nação

Legislando em causa própria, os deputados alcançaram o custo mensal de R$ 171.728,00, assim discriminado:
R$ 12.480,00 (salário base) + R$ 44.800,00 (verba de gabinete) + R$ 28.000,00 (passagens) + R$ 15.000,00 (gastos nas bases eleitorais) + R$ 8.000,00 (auxílio moradia), + R$ 20.516,00 (10.524.073,10, gasto mensal de gasolina para a Câmara dos Deputados, dividido por 513 deputados), para gasolina, óleo e uso carro próprio.
Os deputados recebem 16 vezes as parcelas acima.
A soma das parcelas dá R$ 128.796,00.
16 vezes R$ 128.896,00, dá R$ 2.060.736,00.
Dividido por 12 meses dá R$ 171.728,00…..
Sem levar em conta as convocações extraordinárias que são imprevistas, logo esse é o custo fixo mensal, podendo afirmar que:
Cada Deputado custa para a Nação R$ 171.728,00 por mês.

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA
Santos – Janeiro – 2006

Editado por – Charrir em 01 Março 2006 03:06:47

Este post foi lido 336 vez(es).

Este post foi lido 336 vez(es).