A Maior Jazida de Ouro do Mundo

A Maior Jazida de Ouro do Mundo

A Sbórnia, é um País Democrático, mas com uma
Democracia Alienada, porque admite o fisiologismo, onde aparecem:
01 – Doadores de Campanha
02 – Compra de votas para alcançar maioria no legislativo
03 – Troca de Partidos num Balcão de negociatas
04 – Mentir para o Publico com horário gratuito de TV
05 – Corporativismo acintoso em massa, nas CPIs
06 – Superfaturamento em quase todos os contratos
07 – Políticos com os mais altos salários do mundo
08 – A maioria dos políticos com processos administrativo
09 – Benesses para quem não trabalha com dinheiro de
impostos de quem trabalha
10 – Políticos que só pensa naquilo… FISIOLOGISMO
11 – Incompetentes assumindo funções técnicas como
Competência
12 – Políticos semi analfabeto legislando

Vamos analisar o que está ocorrendo na Sbórnia, este
País democrático, onde um grupo de doadores de campanha,
tendo adquirido uma gleba de terra no interior, por U$ 370
mil dólares, resolve virtualmente valorizar sua gleba de
terra, aproveitando a ganância do governo por dinheiro,
para saciar a fome salarial da sua inoperante máquina
administrativa.
Como o grupo tem dinheiro, contrata a mídia para divulgar,
aos quatro cantos, que naquela gleba, existe uma imensa
jazida de ouro. Como tudo no sub solo, pertence a Nação,
o grupo vai ao presidente e explica que na sua gleba existe
a maior jazida de ouro do mundo, uma reserva estimada em
700 mil toneladas de ouro.
Com raízes na política do país, fica fácil o grupo
convencer o Governo a se interessar pelo tesouro. Assim,
o presidente cria uma comissão com 21 deputados da base
aliada, para pesquisar a existência real desta jazida e
estudar a viabilidade econômica da exploração de todo este
ouro. Após 49 dias a comissão, assessorada com alguns
membros da gleba, trás, com critérios precisos, o resultado
aprovado pela totalidade dos 21 deputados, com otimismo nas
perspectivas, para chegar a 1 milhão de toneladas de ouro.
De imediato deve-se desapropriar o terreno, que antes
dos boatos, a Gleba valia U$ 370 mil dolares, na desapropriação,
o Governo negocia o preço e paga U$ 5 milhões de dólares.
Aí entra a máquina do governo, a ganância pelo dinheiro, com
seus marqueteiros, procurando levar vantagem e ganhar prestigio,
perante os sborneiros alienados, negociando antecipadamente,
toneladas de ouro das 700 mil.
Vendendo ações e colhendo lucros.
Vem a segunda parte, arquitetada pelo Governo e os
marqueteiros…. O Governo deve Leiloar a Jazida de 700 mil
toneladas de ouro. Vem o leilão. O vencedor, a 5ª. Maior
firma em extração de ouro, Goldstorm Incorporation, com o
compromisso de partilhar a produção.
a) – 30% do ouro extraído para o Governo da Sbornia.
b) – 70% do ouro para a Goldstorm
Contrato firmado, os dirigentes da Goldstorm, vão ao
Banco Financeiro SDNB, da Sbórnia, levantar um Empréstimo
de U$ 750 milhões de dólares, dando como garantia o contrato
de administração da maior jazida de ouro do mundo,
reconhecida pela Goldlie, a detentora da maior tecnologia
em jazidas de ouro. O empréstimo sai fácil, pois todos estão
empenhados em levar o máximo de vantagem que o esquema
pode oferecer.

Resumindo:
A Goldstorm ao assinar o contrato
Pagou U$ 50 milhões de dólares ao Governo (acerto de cessão)
A Goldstorm pegou do Banco SDNB, U$ 750 milhões de dolares
Para o Governo Sborneiro, não importa se tem ou não
tem ouro, o importante é não arriscar nada, levar vantagem
em tudo, colocar dinheiro em caixa, elevar o prestígio do
Governo e deixar os sborneiros alienados vibrando com a
competência do Governo.

Ate agora estão ganhando:
1 – Os donos da gleba,
2 – O governo nas negociatas com as ações e na
credibilidade dos sborneiros alienados
Estão perdendo.
1 – Os acionistas da jazida
2 – As pessoas que pagam impostos
3 – O Banco SDNB com o rombo a longo prazo.
Nota:
Qualquer semelhança com o Brasil nas negociatas com o
Pre-Sal… é mera coincidência

Salvador 24 de outubro de 2013

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Este post foi lido 388 vez(es).

Este post foi lido 388 vez(es).