Vamos Conhecer as Quatro Instâncias

Vamos Compreender as Quatro Instâncias
a) Harmonia
b) Amor
c) Felicidade
d) Paixão
Harmonia é o equilíbrio universal, é o relacionamento consciente responsável, auto
disciplinado, desenvolvendo o nosso hormônio ocitocina (apego e empatia entre
pessoas), seguindo a base de toda filosofia da vida, ou seja, vamos nos proceder com
os outros, assim como, gostaríamos que, também, os outros se procedessem
conosco, conviver com opiniões divergentes, não discutir só para ter razão.

Amor é uma manifestação involuntária, não pode ser comandada, pois sua
manifestação só aparece, quando o objetivo (pessoas, coisas e outras), apresentarem
atributos que possa sensibilizar o Amor, fora disso são elucubrações fantasiosas, só
da boca para fora, o tempo prova isto.Felicidade, é um estado egoístico, pois a felicidade de um, pode ser a infelicidade
de outro, exemplo não faltam, o vitorioso está feliz, o derrotado está infeliz, o(a)
companheiro(a) que abandona o consorte por um parceiro(a) novo(a), está feliz, mas a
pessoa abandonada está infeliz, logo felicidade não é o que devemos buscar.

Paixão, Muitos confunde com o Amor, por ser também uma manifestação involuntária,
no princípio, realmente se confundem, mas o tempo esclarece que não é a mesma
coisa, a paixão é possessiva, exige retribuição, torna a pessoa “cega” e refém da
pessoa por quem está apaixonada, logo é sazonal, dura enquanto o desejo de posse
permanecer.

Não sou dono da verdade, o assunto é para reflexão, lembrando que o mundo precisa
de harmonia eterna e não de elucubrações fantasiosas, nem de egoísmo e nem de
comportamento sazonal.

Recife 25 de junho de 2015
Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA
TextTextVamos Compreender as Quatro Instâncias

Este post foi lido 316 vez(es).

Este post foi lido 316 vez(es).