Para os amigos leitores com meu abraço…charrir

Conheça-se a si mesmo

Vamos conhecer alguns parâmetros que fazem parte da estrutura de quem quer conhecer-se a si mesmo;

DeusYHWH é a essência Máxima de Energia Cósmica interagindo em tudo, fragmenta em partículas para habitar como Ser, em todos os Eus sem nenhuma discriminação.
Assim, DeusYHWH está vivendo, indiscriminadamente, como Ser (um fragmento), em quaisquer seres vivos (Eus).

Ser é o fragmento Divino que habita dentro do Eu, levando as mensagens codificadas de DeusYHWH, para a Alma decodificar, para os cinco sentidos e o Eu vivenciá-los

Alma é a decodificadora das mensagens do Ser, para os cinco sentidos do Eu, gerando a Energia de Agir, para que o Eu possa cumpri-las.

Espírito é a Alma, após o desenlace (morte do Eu), rica em experiência, transmutada e unificada ao Ser, prontos para retornar à origem DeusYHWH.

O Eu é o instrumento de aprendizagem da Alma.

A Energia de Agir é a representação dos resultados das decodificações dos símbolos, das mensagens do Ser, feitos pela Alma, nas conversões para os cinco sentidos do Eu.

Resultante é a somatória das energias dos hormônios gerados pelas glândulas endócrinas, atuando no Eu, para que o Eu possa vivenciar as emoções que cada hormônio provoca.

Manifestações Voluntárias são manifestações comandadas sem o compromisso com a verdade e sim, com a razão, para atender as influências impostas pelos Sistemas: sociais, políticos e religiosos, que o Eu deve cumprir.

Manifestações Involuntárias são manifestações que não
podem ser comandadas, por terem compromissos com a
verdade e com a lógica, tais como; a ética, a moral e a
empatia, influenciando o Eu independente da vontade.

Razão é tomar um paradigma como estrutura. É a ferramenta que os intermediários (donos da verdade), utilizam para convencer o Eu a ter um comportamento, buscando um objetivo, sem se preocupar com a verdade.

Lógica é seguir uma seqüência de eventos, formando uma corrente, com inicio, meio e fim, bem definidos, para ter um discernimento ponderado e equilibrado, diante de todas as pressões que o Eu está sujeito, o qual, irá dar uma estrutura, que norteará seu comportamento, visando encontrar o real e o verdadeiro, por estar fundamentado na Ética, na Moral e nos compromissos intrínsecos com a verdade.

Agora que sabemos estes parâmetros vamos estudar a pressão destes parâmetros sobre o comportamento do Eu.
O Eu como instrumento de aprendizagem, terá que atender com ponderação todos estes parâmetros, para manter-se em equilíbrio e evoluir com o Universo.

Resumindo:
O Eu está sujeito a:
1 – Viver como um fragmento de DeusYHWH.
2 – Estar atento com a Energia de Agir.
3 – Coordenar as Resultantes dos hormônios.
4 – Filtrar as imposições estruturadas na Razão.
5 – Evitar as Manifestações Voluntárias e
6 – Administrar as Manifestações Involuntárias.
7 – Seguir sempre o campo da Lógica.

Vejamos as implicações que envolvem o Eu nos sete itens:

1 – O Eu tem que ter a consciência da Unicidade, ou
seja, tudo no Universo está interligado, numa
estrutura única, que é DeusYHWH.

2 – A Energia de Agir é para o Eu ficar atento, é
despertada durante as meditações e em todos
os momentos de reflexão .

3 – As Resultantes fazem os indivíduos diferentes, por
estruturar os Eus em proporções de hormônios diferentes,
para que os Eus, também tenham emoções diferentes,
criando motivações para viver e evoluir.

4 – A Razão é a ferramenta básica dos intermediários
para doutrinar os Eus.

5 – As Manifestações Voluntárias são comandadas, muito
cômodas para o Eu, trazendo esperanças de retornos
imediatos ilusórios.

6 – As Manifestações Involuntárias não são comandadas,
são independentes da vontade do Eu, mas, o Eu deve
assumir as conseqüências.

7 – A Lógica é a única ferramenta que o Eu pode usar,
para ponderar o equilíbrio das seis influencias que
agem sobre ele, (Eu).

Quando analisamos uma pessoa, devemos saber que:
Atrás daquela pessoa existe um Eu, que está submetido a quatro fontes de energias atuando simultaneamente nela com as características diferentes;
1 – A Energia de agir que procura disciplinar o Eu.
2 – A Resultante das reações do ambiente que vive o Eu
3 – As Manifestações Voluntárias
3a) A opção entre a Lógica e a Razão
3b) O Instinto de Observação
4 – As Manifestações Involuntárias
4a) A inteligência
4b) A resultante

O Eu se comunica, indiretamente com DeusYHWH, através do Ser, nas meditações e nas reflexões, apenas informando o resultado alcançado, por ele (Eu), individualmente, nas convivências com aquelas energias.
Já o relacionamento do Eu, só é possível com o Ser (partícula de DeusYHWH), utilizando a Energia de Agir, dos símbolos (emitidos pelo Ser), decodificados pela Alma, em que possam ser assimilados, com compreensão, pelos cinco sentidos do Eu.

Usando a Empatia nos trechos, aqui escritos com perseverança, poderá alcançar o “autoconhecimento de si mesmo”, o que imortalizou Sócrates quando alardeou:
…”conheça-se a si mesmo”…

Salvador 23 de agosto de 2006

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Este post foi lido 280 vez(es).

Este post foi lido 280 vez(es).