O Brasil na era do Achismo

Meu presente de Ano Novo para os brasileiros

Brasil na era do Achismo.
Mas o que é o Achismo!
O achismo é um estado de torpor, que deveria ser atípico
do ser humano, por se tratar de uma pessoa que vive a deriva, vilipendiando a realidade. Porém, a maioria do povo Brasileiro, por ignorar a REALIDADE, prefere por comodismo, compartilhar com o ACHISMO. Este procedimento está estruturado no medo, de que sua verdade (achismo ) seja destruída, pela REALIDADE, sem colocar algo, que ele possa compreender, destruindo assim, uma verdade (achismo), que lhe foi passada pelos intermediários, na qual, ele vem acreditando a vida inteira.

Vamos à História:
Há muitos anos, o conceito de achismo, vem se desenvolvendo procurando justificar (o injustificável), afirmando o que vale não é a descrição da realidade dos fatos e dos acontecimentos, mas sim as versões que se pode criar sobre o fato, que nos interessam.
Todos as pesquisas feitas pelos eruditos e os antigos filósofos, para consolidar a realidade em vocábulos, com signos sedimentados na lógica linguística e numa hermenêutica correta, foram jogados no lixo pelos seguidores do achismo, que se tornaram verdadeiros “vendedores de ilusões”, ou seja “enganadores especializados”!

O que interessa aos que detêm a convicção do achismo, não são os fatos, mas as versões que os meios de comunicação dão os fatos. Como no sistema, todos levam vantagens e os meios de comunicação, como são, também, integrantes deste mesmo sistema, todos controlados pela égide de alguns pensantes (vivos), logo irão dar aos fatos, a versão conforme os interesses da coletividade, a qual o achismo interessa.

Atualmente, o Brasil está ostentando a era do Achismo.
Como sabemos que a maioria do povo brasileiro, por ignorar o que seja a REALIDADE, prefere compartilhar com o ACHISMO.
A Organização ACHISMO, que domina o país, aparelha a Administração Pública, com o jargão “toma-lá-dá-cá” um verdadeiro “balcão de negócios” com compra de deputados e senadores dos partidos de alugueis (a maioria), com promessas de emendas, cargos, dinheiro vivo e apoio de bancos, empresários dependentes do perdão de dívidas, redução de impostos e as milionárias verbas de publicidade, para os meios de comunicação, com concessões de canais de rádio, TV, Internet…e outras “falcatruas”.

As realidades existentes, dificilmente serão conhecidas, devido as maquiagens feitas pelo Achismo, adulterando parâmetros, para criar referenciais adulterados que justifique o Achismo do sistema. Assim, ações dos grupos dos poderes Jurídico-Econômico-Social-Político, são maquiados sob inúmeros artifícios publicitários, de tal modo que, a corrupção, crimes e atos ilícitos praticados, por todos eles, não são percebidos pelo grande público, comodista, que está mais preocupado com as diversões, carnavais, shows, jogos, só nos momentos de desespero é que vai sentir, na pele, as suas necessidades na saúde, na segurança, no transporte, no emprego (nunca se preocupa com educação, por achar que é perda de tempo de diversão), haja vista, passados os momentos angustiosos, a memória deste grande público, não fez registro, tanto assim, que nas eleições seguintes, vota nos companheiros do Achismo….

Agora com os competentes investigadores da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, querendo introduzir a REALIDADE, no sistema, que irá destruir o Achismo, estão encontrando grande barreira, verdadeiras muralhas no Judiciário, já que “está tudo contaminado” com a união de todos os companheiros do sistema, numa verdadeira fortaleza do Achismo. Esta Fortaleza do Achismo é quase inexpugnável, daí para implantar a REALIDADE, o MPF, precisa do apoio dos esclarecidos para, compartilhar nesta luta, procurando esclarecer à população ingênua, dessas versões mascaradas do Achismo. O pior é que existem alguns ministros, até mesmo do STF, que estão comprometidos com inúmeros cúmplices corruptos instalados em postos estratégicos dos três poderes da República, EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JODICIÁRIO, que tentam impor suas versões alternativas adulteradas, visivelmente mentirosas e contraditórias.

Por outro lado aparecem, os Advogados, que são regiamente pagos, para afirmar mentiras como se verdades fossem, querendo desclassificar as gravações de áudio e vídeo, alegando serem consideradas ilegais, com aquiescência de Juízes, que estão comprometidos com o sistema Achismo, para julgar a procedência e os argumentos, dos Advogados de defesa, dos Achistas.

Um Fato curioso;
O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, indicado pelo ex-presidente Sarney, em entrevista logo após a sua posse no cargo, considerou que apenas uma mala de dinheiro – entregue ao então assessor do presidente Temer, Rodrigo Rocha Loures – não é suficiente para definir a investigação!!! Com essa decisão, Poderia receber o “Prêmio NOBEL do Achismo”, ou melhor, seria cômico se não fosse ignóbil.
Veja o paradoxo no seu discurso de posse,- “frisou que irá combater os corruptos”. Será……(sic), devemos acreditar.

Na Minha ótica a OAB é corresponsável por este CAOS, daí a minha pergunta: Onde está a OAB, que em hipótese alguma, poder-se-ia compartilhar com o Achismo, por possuir a bandeira da justiça IMPARCIAL, ficando calada diante da realidade de Rui Barbosa – ” “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto ..” –

Não pretendo convencer a ninguém o que escrevo, por não ser o dono da verdade, o assunto é para reflexão e a compreensão do que escrevo e as respostas das perguntas, são Forum intimo de cada um

Recife 10 de dezembro de 2017

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Este post foi lido 378 vez(es).

Este post foi lido 378 vez(es).