Como atua o pH no metabolismo humano?

Se a Medicina fosse desvinculada do dinheiro,
não haveria tantos doentes. Todos nós
estaríamos mais saudáveis, bastaria manter
o pH entre 7,3 a 7,4.

Mas o que é pH?
pH é o símbolo para a grandeza físico-
química potencial iônico do hidrogênio, indica
a alcalinidade ou acidez, de um meio aquoso.
O termo pH foi introduzido, em 1909, pelo bioquímico
dinamarquês Søren Peter Lauritz Sørensen (1868-1939),
O “p” significa poder de concentração, e o “H” é o
íon de hidrogênio (H+).

Matematicamente, o “p” equivale ao cologaritmo
de base 10 da atividade dos íons a que se refere.
Para íons H+:

\mbox{pH} = -\log_{10} \left[ \mbox{a}_{H^+} \right]

Sendo que \mbox{a}_{H^+} representa a
atividade em mol dm-3.

A escala do pH pode variar de 0 até 14, sendo
que quanto menor o índice do pH de uma substância,
mais ácida esta substância será.

O pH menor que 7 indica que tal substância é ácida,
para pH maior que 7 indica que a substância é alcalina
e para substância com pH = 7 indica que ela é neutra.

O pH é uma característica da concentração de
íons de Hidrogênio (H+), em todas as substâncias.
Quanto menor o pH de uma substância, maior a
concentração de ions H+, e menor a concentração
de íons H-.

O pH de uma substância, varia de acordo com
sua composição, sua concentração de sais, metais,
ácidos, bases e substâncias orgânicas e da temperatura.

Conheçam os pHs dos nossos alimentos

Limões, Melancia. pH = 9,0 mol.dm-3

Tâmaras secas. figos, limas, manga, melão, agrião,
mamão, salsa, algas, aspargos, kiwis, sucos de
frutas, uvas (doce), maracujá, ameixa, pêra, abacaxi,
passas, sucos de vegetais. .pH = 8,5 mol.dm-3

Maçãs (doce), damascos, brotos de alfafa, farinha
de araruta, abacaxi, banana (madura), bagas,
cenoura, aipo, cenouras, aipo, groselhas, figos
(frescos), Alho groselha, uva (menos doce), toranja,
goiaba, ervas verdes (folhas), alface, nectarina,
pêssegos (doce), pêra (folhas verdes), ervilhas
(frescas), caqui, sal marinho, espinafres.
. pH = 8,0 mol.dm-3

Maçãs (azedas), brotos de bambu, feijão verde
(fresco), beterrabas, pimentão, brócolis, repolho,
alfarroba, gengibre (fresco), uva (ácida), alface
(verde claro), laranjas, ervilhas (menos doce),
batata com casca, abóbora (menos doce), framboesa,
morango, milho doce (fresco), nabo. pH = 7,5 mol.dm-3

Amêndoas, alcachofras, cevada, malte, brotos,
coco (fresco), misô, quiabo, cerejas, pepino,
quiabo, alhos, porros, ovo, cogumelos, quiabo,
azeitonas maduras, cebola, rabanete, sal marinho,
especiarias, tomates maduros, alcachofra, castanhas
(secas torradas), gema de ovo (cozido), pão dos
essênios, leite de cabra e leite (cru), maionese
(caseira), azeite, quinoa, ruibarbo, sementes de
gergelim (inteiras), os feijões de soja (secos),
queijo de soja, leite de soja, grãos germinados,
tofu, tomate. pH = 7,0 mol.dm-3

Adoçantes artificiais . pH = 5,0 mol.dm-3

Carne, refrigerantes e quaisquer bebidas gasosas,
(industrializadas), medicamentos, cigarros, farinha
de trigo branca, carnes de cabra, ovelha, doces e
bolos de farinha branca, carne de porco, açúcar
(branco), cervejas, carne de galinha, chocolate,
café, creme com o açúcar branco, doces, geléias,
licor, sêmola, sal refinado e iodado, chá preto,
pão de trigo, arroz branco, vinagre branco.
pH = 5,5 mol.dm-3

Fumo do cigarro (rolo), creme de trigo (não refinado),
peixes, sucos de fruta com açúcar, xarope melaço, pickles
(comercial), pães (refinados) de milho, aveia, arroz e
centeio, cereais (refinados), por exemplo, flocos de
milho, mariscos, gérmen de trigo, alimentos de trigo
integral, pH = 6,0 mol.dm-3

Bananas (verde), queijos (amarelo), milho e pães
de arroz, ovo inteiro (cozido duro), ketchup,
maionese, aveia, pasta de grão (inteiro), amendoins,
batatas (sem cascas), pipocas (com sal e manteiga),
Arroz (marrom), molho de soja (comercial), pão de
trigo (germinados orgânicos). . pH = 6,5 mol.dm-3

Xarope de malte de cevada, cevada, farelo, caju,
cereais (não refinado com mel), fubá, frutose, mel
(pasteurizado), lentilhas, xarope, produtos lácteos
(leite homogeneizado) e processados, noz-moscada,
mostarda, pipoca e manteiga (simples), de arroz ou
biscoitos de trigo (não refinado), pão de centeio
orgânico (germinado), sementes (abóbora e girassol),
nozes, castanhas do Brasil, manteiga (salgada),
queijos, feijões, coco seco, ovos brancos, leite de
cabra (homogeneizado), Azeitonas (picles), ameixas,
pH = 7,0 mol.dm-3

Como atua o pH no metabolismo humano?
O pH provoca a Acidose ou a Alcalose

O que são Acidose e Alcalose?
Acidose e alcalose são estados anormais resultantes
de valores de pH fora da faixa de (7,3 a 7,4) para
o perfeito funcionamento do processo metabólico,
com a liberação de quantidades corretas de oxigênio
nos tecidos.

Acidose é um excesso de ácido no sangue, com pH
abaixo de 7,3, cujos sintomas comuns são: azia
(sensação de queimação no estômago, ácida degustação
e arrotos), flatulência, arrotos e sensação de
saciedade depois de comer pequenas quantidades
de alimentos.

Outros sintomas podem incluir insônia, retenção
de água, enxaquecas, prisão de ventre com diarréia,
cansaço, sensação de queimação na língua e na boca e
halitose.

Alcalose é um excesso de alcalino no sangue, com pH
acima de 7,4. cujos sintomas comuns são: temperamental,
impaciência, agitação, apressado e se estressa facilmente.

Para manter a saúde, a dieta deve consistir em 60%
de alimentos formadores de alcalinidade e 40% de
alimentos formadores de ácidos. Para restaurar a
saúde, a dieta deve consistir em 80% de alimentos
alcalinos e 20% de alimentos ácidos.

O metabolismo gera grandes quantidades de
ácidos que precisam ser neutralizados ou eliminados
para manter o equilíbrio ácido-base (pH). A maior
parte é constituída por ácido carbônico, formado pela
reação entre dióxido de carbono (CO2) e água.

Pulmões e rins são os principais órgãos
envolvidos na regulação do pH do sangue. Os pulmões
retiram ácido do corpo eliminando CO2. Os rins
excretam ácidos na urina e regulam a concentração
de bicarbonato no sangue. Os dois processos estão
sempre em ação e mantêm com precisão o controle da
faixa (7,3 a 7,4) do pH sanguíneo.

Qualquer danos ou agressão que afete os pulmões,
ou os rins causam acidose ou alcalose, tornando
vulnerável o metabolismo, a contrair doenças.

Agora que sabemos o é o pH, descobrimos
que para o ser humano ser saudável, é necessário
que tenha as células saudáveis, ou seja, estar
bem oxigenada com o pH entre 7,3 a 7,4 mol.dm-3
Condições alcançadas na nossa alimentação balanceada,
observando cada pH dos alimentos que ingerimos
para ter a alimentação ideal.

Uma célula saudável é invulnerável e blindade
a quaisquer doenças, o que torna o ser humano saudável,
sem nenhuma doença.

As facilidades de se adquirir as doenças está
no pH abaixo de 7 mol dm-3, neste ambiente acidulado
está o habitat de todos os vírus, fungos, bactérias,
parasitas, bacilos e tudos os demais. Nenhum destes
“intrusos” consegue viver 24 horas em ambiente alcalino.

Veja como facilita a formação do câncer

A estrutura da célula precisa de O2. Quando
falta O2 a genética da célula agiganta-se para
superar a falta. Nestes ambientes acidulados, as
células vão crescendo aleatoriamente, rejeitadas
pelo metabolismo, ao tornar-se grandes e fortes,
irão sentir falta de O2 como está célula está
fora do controle do metabolismo, não é alimentada
pelo sistema e no desespero esta célula gigante,
invade a célula normal para lhe furtar o O2,
deixando a célula normal carente de O2, que
irá se agigantar tornando-se, também, fora do
controle do metabolismo, aumentando assim o número
de cédulas gigantes, que chamamos de câncer.
Assim compreendemos como se forma o câncer.

O artigo é para refletir sobre o assunto

Concordar ou não, que para ser saudável, afugentando
as doenças, basta monitorar o pH em 7,3 a 7,4 mol.dm-3,
é foro íntimo de cada um.

Faça experiência, condições são possíveis, já que
temos o conhecimento dos pHs dos alimentos que
ingerimos no nosso dia-a-dia.

Recife 14 de setembro de 2012

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Este post foi lido 481 vez(es).

Este post foi lido 481 vez(es).