Conheçam o que são Mônadas

Mônada, vem do Grego “monas” que significa unidade. Na Filosofia, ela é o holótipo de algo que deu origem ao que estamos querendo conhecer. Na matéria ela é a molécula. Na espécie humana ela é o óvulo fecundado. Na espiritualidade ela é o Ser que habita em tudo no Universo, assim podemos dizer que temos três tipos de Mônadas:

1) Mônada Física

2) Mônada Espiritual

3) Mônada Absoluta

Mônada Física é a unidade da representação holótipo do ser Físico, ou seja, a molécula dos seres inanimados. Essa Mônada é a mais densa das Mônadas, faz parte da Estrutura do esqueleto de nosso Universo.

Mônada Espiritual é a unidade da representação holótipo do Ser, um fragmento Espiritual, sem dimensão, o qual, penetra no cérebro do feto, entre o sexto e o sétimo mês de gestação. Aos sete anos torna Ser e gera, os embriões da Alma e do Eu. O Eu evolui com a criança tornando adulto aos dezesseis e a Alma só torna adulta, aos vinte e um anos, ambos prontos para o aprendizado da vida, devendo a inter relações entre o Ser, a Alma e o Eu, ser harmoniosa, para haver o equilíbrio no ser humano. Sabendo que: O Ser é a parte Divina que habita no ser humano A Alma é a decodificadora dos signos emitidos pelo Ser, convertendo-os para os cinco sentido do Eu. O Eu é o instrumento de aprendizagem da Alma. O Ser a Alma e o Eu estão dentro de cada um, sendo a Alma, responsável pela decodificação, em forma de “Energia de Agir”, sempre orientando o Eu a seguir a rota que o levará ao “Arquétipo Divino”. Aqueles que não têm auto conhecimentos, dificilmente poderão sentir o desenvolvimento da Mônada Espiritual dentro de si.

Mônada Absoluta é a unidade da representação holótipo da Divindade, (nosso DeusYHWH), ou seja, é o Ser. No princípio, o Ser era um fragmento Espiritual, a Mônada, (um ponto primevo sem dimensão), que Auto Conscientizou, no eterno agora. Cada unidade holótipo da Divindade (Ser), está habitando dentro de cada um ser vivo, sem discriminação, emitindo signos para serem decodificados, pela Alma, convertendo-os para os cinco sentidos do Eu (qualquer que seja o ser vivo). Esta Mônada, está nos orientando a alcançar a apoteose do nosso Universo, para que possamos assimilar todas as estruturas das outras Mônadas, tornando-nos parte intrínseca desta Malha colorida multidimensional, que forma a Unicidade, em que tudo está previsto. Esta concepção torna inatingível, para percepção do ser humano comum e acomodado, neste nosso Plano Físico.

Salvador outubro de 2005
Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

 

 

 

onhe�am o que s�o M�nadas

M�nada, vem do Grego �monas� que significa unidade. Na Filosofia, ela � o hol�tipo de algo que deu origem ao que estamos querendo conhecer. Na mat�ria ela � a mol�cula. Na esp�cie humana ela � o �vulo fecundado. Na espiritualidade ela � o Ser que habita em tudo no Universo, assim podemos dizer que temos tr�s tipos de M�nadas:

1) M�nada F�sica

2) M�nada Espiritual

3) M�nada Absoluta

M�nada F�sica � a unidade da representa��o hol�tipo do ser F�sico, ou seja, a mol�cula dos seres inanimados. Essa M�nada � a mais densa das M�nadas, faz parte da Estrutura do esqueleto de nosso Universo.

M�nada Espiritual � a unidade da representa��o hol�tipo do Ser, um fragmento Espiritual, sem dimens�o, o qual, penetra no c�rebro do feto, entre o sexto e o s�timo m�s de gesta��o. Aos sete anos torna Ser e gera, os embri�es da Alma e do Eu. O Eu evolui com a crian�a tornando adulto aos dezesseis e a Alma s� torna adulta, aos vinte e um anos, ambos prontos para o aprendizado da vida, devendo a inter rela��es entre o Ser, a Alma e o Eu, ser harmoniosa, para haver o equil�brio no ser humano. Sabendo que: O Ser � a parte Divina que habita no ser humano A Alma � a decodificadora dos signos emitidos pelo Ser, convertendo-os para os cinco sentido do Eu. O Eu � o instrumento de aprendizagem da Alma. O Ser a Alma e o Eu est�o dentro de cada um, sendo a Alma, respons�vel pela decodifica��o, em forma de �Energia de Agir�, sempre orientando o Eu a seguir a rota que o levar� ao �Arqu�tipo Divino�. Aqueles que n�o t�m auto conhecimentos, dificilmente poder�o sentir o desenvolvimento da M�nada Espiritual dentro de si.

M�nada Absoluta � a unidade da representa��o hol�tipo da Divindade, (nosso DeusYHWH), ou seja, � o Ser. No princ�pio, o Ser era um fragmento Espiritual, a M�nada, (um ponto primevo sem dimens�o), que Auto Conscientizou, no eterno agora. Cada unidade hol�tipo da Divindade (Ser), est� habitando dentro de cada um ser vivo, sem discrimina��o, emitindo signos para serem decodificados, pela Alma, convertendo-os para os cinco sentidos do Eu (qualquer que seja o ser vivo). Esta M�nada, est� nos orientando a alcan�ar a apoteose do nosso Universo, para que possamos assimilar todas as estruturas das outras M�nadas, tornando-nos parte intr�nseca desta Malha colorida multidimensional, que forma a Unicidade, em que tudo est� previsto. Esta concep��o torna inating�vel, para percep��o do ser humano comum e acomodado, neste nosso Plano F�sico.

Salvador outubro de 2005
Charrir Kessin de Sales – OJ�NNA

Este post foi lido 636 vez(es).

Este post foi lido 636 vez(es).