Conheçam o Esoterismo

Conheçam o Esoterismo

O Esoterismo nasceu na antiga Grécia numa Escola fundada por
Pitágoras cerca do ano 541aC.
Pitágoras de Samos (582 – 496aC.), querendo reunir, num só local,
todos os conhecimentos sobre os conceitos envolvendo todos os
relacionamentos humano, com os diversos segmentos da vida, sejam
familiares, com animais, com as plantas, com a espiritualidade.
Para isso viajou 16 anos, concatenando informações. Voltando a
Grécia, Pitágoras reuniu na sua Escola, todos os interessados nos
diversos assuntos, entre eles a gnose Divina. Aqueles que
conseguiam assimilar, com consciência e convicção, os
conhecimentos escritos, iam para o pátio interno (esoterici… os
esotéricos) da escola, existiam os outros que “ficavam voando”,
estes permaneciam de fora do pátio (exoterici… os exotéricos)
da escola.
Dai a denominação Esotérica e Exotérica.

Esoterismo é o conhecimento interno que nasce dentro do Estado de
Consciência de cada um, começando com o conhecimento de si
mesmo,evoluindo à medida que questionamos a nós mesmos sobre os
segmentos do Universo, usando os conhecimentos externos
(exotéricos), dados pelos livros ou intermediários, para
complementar esses conhecimentos internos (isotéricos)… para
esses…este é o Caminho que busca a verdade.
O esotérico não tem medo de pensar.
Tem compromisso com a lógica e com a verdade.

Exoterismo é o conhecimento externo que nasce fora do Estado de
Consciência de cada um, modulando a Inteligência e os conceitos
dos segmentos do Universo, conforme os ensinamentos dos Livros e
dos Intermediários, usando os conhecimentos internos (esotéricos)
para complementar os conhecimentos externos (exótericos) ….para
esses… a verdade já foi encontrada pelos intermediários e está
nos Livros Sagrados.
O Exotérico não gosta de pensar (livros e intermediários pensam
por eles),acreditam nos mitos, se apegam com os paradigmas e com
os dogmas.

O conhecimento esotérico contribuiu para o nascimento de um
novo ser humano. O autêntico esotérico vive na Unicidade,
questiona tudo, para encontrar a resposta dentro si. É consciente
de não ser radical, e sim ser mutante, ou seja, buscar a verdade
dentro da lógica, buscando referenciais mutantes e dinâmicos, os
quais o habilita, a ter conhecimento dos parâmetros sobre tudo,
condições necessárias, para que ele possa reformular, no seu dia
a dia, seus objetivos, no eterno vir a ser, e assim, usufruir
uma boa qualidade de vida.

Salvador 01 de fevereiro de 2015

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

 

Este post foi lido 371 vez(es).

Este post foi lido 371 vez(es).