Vamos Compreender o Amor

Vamos compreender o Amor

O Amor não depende da vontade, é uma manifestação involuntária, exige qualidade naquilo que vamos amar, e atributos na pessoa que vamos amar. Ninguém ama algo que não presta, e ninguém ama pessoas sem atributos, que vivem em promiscuidade com outras pessoas, vivem bebendo, que não gostam de trabalhar e sem responsabilidades, nestas condições,  erradamente tornamos juízes, com nossos julgamentos, condenando os outros  fulano(a) não presta, sicrano(a) não tem caráter.

Vamos compreender a Harmonia

A Harmonia depende do nosso grau de conhecimento e Empatia que nos dão estruturas, para compreender os outros, respeitando as divergência, para sermos respeitados, não discutir, só para ter razão, sentindo bem no convívio com o outro, num equilíbrio interno que não nos deixa perder o Bom Senso, em quaisquer circunstâncias, sem aquela ânsia de julgar os outros.  Só e somente assim, poderemos viver em patamares de qualidade de vida, sem as ostentações do modismo consumista, do imediatismo e das inconsequências do sexismo.

Salvador 23 de outubro de 2019

Charrir Kessin de Sales – OJÉNNA

Este post foi lido 13 vez(es).

Este post foi lido 13 vez(es).